Contra uma academia empreendedora

Resposta a um professor meu que abraçou vigorosamente o zeitgeist.

Boa tarde. O senhor me pediu semana passada que falasse sobre minha experiência como pesquisador, mas, infelizmente, ocorreu alguma falha desconhecida com o meu microfone e, portanto, venho compartilhá-la apenas agora. Vou pedir licença para retomar alguns questionamentos que o senhor levantou antes na aula, mas que não pude responder. O senhor primeiro perguntou por exemplos de países onde o desenvolvimento social não esteve atrelado ao desenvolvimento econômico. Eu cito dois: o Vietnã, que, mesmo possuindo 96 milhões de habitantes, registrou apenas 35 mortos por covid-19 até agora, e Cuba, que possui o 11° maior IDH da América, superando Brasil e México, por exemplo, e é aonde os empresários brasileiros estão indo para serem vacinados. Mesmo que os bloqueios continentais de certos Napoleões tentem lançar a população à miséria, estes países erradicaram a miséria, o analfabetismo, a insegurança e universalizaram a saúde.

O senhor depois me perguntou sobre a minha experiência como bolsista de pesquisa. Eu trabalho no projeto da professora Giani sobre o desenvolvimento de biocombustíveis a partir de casca de arroz. Estamos atualmente escrevendo um artigo sobre a interação biológica do bio-óleo. O senhor falou sobre a diferença entre Santos-Dumont e os irmãos Wright e perguntou se havia a intenção de criar produtos ou gerar patentes no projeto em que eu trabalho. Há, embora eu seja contrário. Não acho correto que um trabalho financiado com investimento público leve ao enriquecimento privado. Além disso, concordo com Santos-Dumont e digo que o fazer ciência é, por si só, uma atividade prazerosa que não necessita de uma finalidade prática por trás para ser válida. Ou Darwin pensava em criar riqueza quando descreveu os bicos dos tentilhões? Newton criou o cálculo integral para que os engenheiros o usassem? Einstein chegou à relatividade porque isso o permitiria criar o GPS? Mendeleiev pensava em corantes e remédios quando publicou sua proposta de tabela periódica? O cientista, que já desempenha o papel de professor, ainda por cima deve se virar para «inovar» o mercado, mesmo sem ter a menor noção de como? Promover o desenvolvimento econômico do país não é trabalho dos pesquisadores, mas do governo.

E, mesmo assim, não é verdade que os pesquisadores não ajudam: grande parte dos projetos que sobreviveram aos cortes dos últimos anos são eminentemente práticos. Convido o senhor a abrir a lista de projetos contemplados com bolsas da UFPel e do IFSul nos últimos anos. A maioria são projetos de extensão que buscam socorrer as comunidades dos bairros dos campi ou projetos de inovação que poderiam ser extremamente lucrativos se houvesse a publicidade, o investimento e a expertise de mercado necessários. Eu mesmo, por exemplo, participei de várias parcerias entre a UFPel e a minha escola quando era criança.

Por fim, não tenha dúvida que eu daria uma perna ao diabo para poder estudar a troca fotônica entre quarks de núcleos de átomos degenerados do bloco d. Eu adoraria, mas o único lugar do mundo onde isso é possível é na união europeia, que em 2008 terminou a obra de um colisor de partículas de 27 km de diâmetro que atravessa a fronteira entre França e Suíça, que em 2015 permitiu que 5154 pesquisadores confirmassem a exitência do bóson de Higgs. Eu garanto ao senhor que nenhum deles acha que o bóson de Higgs serve para alguma coisa.

O que empobrece não é a ciência, o que empobrece são os embargos, o imperialismo, os governantes entreguistas e sem planos além do eleitoral.

Un comentario sobre “Contra uma academia empreendedora

Deja una respuesta

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Salir /  Cambiar )

Google photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google. Salir /  Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Salir /  Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Salir /  Cambiar )

Conectando a %s